Parkinson

Esta doença afeta cerca de 20.000 pessoas em Portugal e tem tendência para aumentar!

 

O Dia Mundial da Doença de Parkinson celebra-se anualmente no dia 11 de abril.

Neste dia, realizam-se iniciativas pelo mundo inteiro com o objetivo de informar e consciencializar a população para a doença, incluindo pessoas afetadas, profissionais de Saúde e organizações associadas à Doença de Parkinson.

A data escolhida foi o dia 11 de abril, uma vez que foi o dia de nascimento de James Parkinson, o médico inglês que descreveu a doença de Parkinson pela primeira vez, em 1817.


A Doença de Parkinson é uma doença neurológica degenerativa do sistema nervoso central, ainda sem cura, que se caracteriza pela destruição das células nervosas.


A Doença de Parkinson caracteriza-se pelos seguintes sintomas:

- Tremores;

- Rigidez muscular;

- Bradicinesia;

- Instabilidade postural;

- Outras patologias e sintomas não motores associados: Demências, perturbações no sono, sintomas depressivos, ansiedade, incontinência urinária, alterações no discurso, apatia.


Atualmente, esta doença atinge cerca de 20.000 portugueses, com uma ligeira preponderância para o sexo masculino. Com o aumento da longevidade da população e o aumento da prevalência da doença, é de prever que o Parkinson afete cerca de 30.000 portugueses nos próximos 20 anos.


A nível mundial, estima-se que existam 10 milhões de doentes de Parkinson e que, todos os anos, cerca de 4,6 milhões de pessoas sejam diagnosticadas com esta doença.


O ano passado, a Associação Europeia da Doença de Parkinson (EPDA - European Parkinson's Disease Association) criou uma campanha de sensibilização para a doença #UnitedForParkinsons, lançada no dia 11 de abril de 2017, onde milhares de pessoas, distribuídas por 90 países, partilharam pensamentos, mensagens e fotografias associados ao hashtag oficial do movimento.

Este ano, a EPDA tem a ambição de fazer crescer o movimento #UniteForParkinsons, consciencializando não só para a doença, mas também para a necessidade de pesquisa na área.

A associação tem também consciência de que nem toda a gente adere a campanhas digitais e, por isso, deixam algumas dicas para que toda a gente possa ajudar a difundir a campanha #UniteForParkinsons:

  • Participar em eventos e atividades de consciencialização da doença;
  • Divulgar os materiais da campanha #UniteForParkinsons;
  • Escrever um artigo de consciencialização para a Doença de Parkinson;
  • Utilize a sua criatividade!


Ajude também a consciencializar, na sua Farmácia, a população sobre esta doença que afeta 20.000 portugueses!

 

FONTES:

European Parkinson's Disease Association (EPDA): www.epda.eu.co

#UniteForParkinsons campaign website: www.uniteforparkinsons.org

Ao continuar a navegar na página web, o utilizador está a concordar expressamente com a colocação de cookies no seu computador que permitem medir estatísticas de visitas e melhorar a qualidade dos conteúdos oferecidos. Clique aqui para mais informações.